Festas de Lisboa '12

Quem, na noite de 12 para 13 de Junho, consegue cruzar a multidão apertada que sobe e desce pelas ruas do eléctrico 28, e chega aos pequenos arraiais que pululam nas pracetas de Alfama e Graça, sabe que as melhores festas de Lisboa são isto: sardinha, cores quentes de verão, cheiro de manjerico, bailarico e calor. O bairrismo lisboeta faz-nos crer que chegámos a pequenas aldeias dentro da cidade! Aqui dança-se agarradinho e tenta-se ter o pé leve. Há um pouco de vinho a mais? Há sim senhor. Mas são as festas de Lisboa e Santo António, na noite de 12 para 13 de Junho, fecha os olhos, deixa passar e vai dançar também com certeza. Porque uma festa não se faz sozinho.
 Esta foi a minha proposta de sardinha para o concurso das Festas de Lisboa '12. Fiquei na shortlist dos 300 seleccionados e na exposição das 150 sardinhas mais votadas, e estou muito feliz.

Who, in the 13th of June, is able to cross the enormous croud that goes up and down the streets of the tram n.º 28, and arrives to the parties that fill the little squares of Alfama and Graça, knows that the best festivities of Lisbon are made with: sardines, bright summer colours, dance, warmth and a scent of sweet basil. One believes he has just arrived to a small village inside the city, where everybody has to dance cheek to cheek. Is there a little bit too much wine? Yes, there is. But that night is the 13th of June, and Saint Anthony himself is dancing, because one can't make a party alone.
This was my proposal of a sardine for the contest Festas de Lisboa '12. I got to the shortlist of the 300 selected sardines and to the exhibition of the most voted 150 sardines, and I am truly happy.

Sem comentários:

Enviar um comentário

palavras